Skip to content

Historia de Galicia

Galicia é unha comunidade autónoma española, situada ao noroeste da Península Ibérica e formada polas provincias da Coruña, Lugo, Orense e Pontevedra. Xeograficamente, limita ao norte co mar Cantábrico, ao sur con Portugal, ao oeste co océano Atlántico e ao leste co Principado de Asturias e Castela e León (provincias de Zamora e de León).

Galicia un pais

Galiza possui uns 2,78 milhões de habitantes (2008), com uma distribuição populacional, Santiago de Compostela é a capital da Galiza com um estatuto especial, dentro da província da Corunha.

O hino da Galiza, Os Pinos, elaborado por Eduardo Pondal, refere-se a Galiza como a nação de Breogán, herói celta. O Estatuto de autonomia, no seu artigo primeiro, define a Galiza como uma nacionalidade históricaLa Xunta de Galicia

A Junta aparece definida no Estatuto de Autonomia, aprovado em 1981, como órgão colexiado do Governo da Galiza. Na actualidade, a Junta está composta pelo presidente, um vice-presidente e doce conselheiros. A comunidade exerce as suas funções administrativas através da Junta e dos seus entes e órgãos dependentes.

Corresponde à Junta aprovar os regulamentos gerais dos seus próprios tributos e elaborar as normas regulamentares precisas para gerir os seus impostos estatais cedidos de acordo com os ter-mos desta cessão e a elaboração e aplicação do orçamento da Comunidade Autónoma da Galiza, que devem ser examinados pelo Parlamento.

A Junta também se encarrega de coordenar a actividade das Deputações Provinciais do seu território naquilo que afecte de um modo directo ao interesse geral da Galiza, e para isso unirá os orçamentos elaborados por elas. Assim mesmo, poderá encomendar a execução dos seus acordos às supracitadas deputações, que serão as encarregado de levar a cabo as funções transferidas pelo Executivo Autonómico.

A Comunidade tem também uma série de competências exclusivas, entre as que se encontram aquelas referidas à organização das suas instituições de autogoverno e das comarcas e freguesias rurais como entidades próprias da Galiza; ordenação do território e do litoral, urbanismo e habitação, actuações no que diz respeito à instituições do Direito Civil galego; normas processuais e procedimentos administrativos que se derivem do específico Direito galego ou da organização dos poderes públicos; obras públicas; vias férreas, estradas e transporte; portos e aeroportos; aproveitamentos florestais, hidráulicos e relativos à energia eléctrica; águas minerais e termais; pesca nas rias e águas interiores; feiras e mercados; artesanato, património artístico, bibliotecas, museus, conservatorios de música e serviços de Belas Artes; fomento da cultura e da investigação; promoção e ensino da língua galega, do turismo e do desporto; assistência social; criação de uma Polícia Autonómica; regime das fundações; casinos, jogos e apostas; centros de contratação de mercadorias e valores; confrarias de pescadores e diferentes câmaras e normas adicionais sobre a protecção do meio ambiente.
Pazo de Raxoi desde a escada da fachada do Obradoiro da catedral compostelá

Câmara municipal Santiago

Concello Santiago

A Presidência da Xunta da Galiza e a câmara municipal de Santiago partilham sede oficial no Pazo de Raxoi, construção neoclásica sita na praça do Obradoiro. Os edifícios administrativos de São Caetano e São Lázaro acolhem na actualidade as diferentes conselharias.